25 C
Recife

Em missa com Bolsonaro, bispo fala: ‘para ser pátria amada não pode ser pátria armada’

O arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, disse durante homilia que ‘para ser pátria amada não pode ser pátria armada’. A fala foi feita no mesmo dia que o presidente Bolsonaro se fez presente na cidade durante este feriado do dia 12 de outubro, Dia da Crianças e de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

O bispo disse que as pessoas precisam das autoridades para ‘construir um Brasil pátria amada’. O religioso não citou o nome do Presidente Bolsonaro.

Para ser pátria amada seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news. Pátria amada sem corrupção. Todos irmãos construindo a grande família brasileira”, afirmou Dom Orlando Brandes.

A fala do bispo foi logo compartilhada por milhões de pessoas em todo Brasil como forma de crítica ao governo Bolsonaro, que vive propaganda ‘pátria amada’, mas defende uma ‘pátria armada’. Membros do governo Bolsonaro também estão sendo acusados de serem os responsáveis pela divulgação de notícias falsas antes, durantes e depois das eleições.

COMPARTILHE REPORTAGEM

LEIA TAMBÉM

BRL - Cotação do real em outras moedas
USD
5,11
EUR
5,22
CNY
0,76

Em destaque