Doze pessoas morrem em acidentes durante este final de semana em Pernambuco


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou, no fim de semana, 29 acidentes em rodovias federais de Pernambuco, com 48 veículos envolvidos. Oito pessoas morreram e 28 ficaram feridas. Ainda no balanço, duas autuações e uma prisão por alcoolemia. Outras quatro pessoas morreram em acidentes ocorridos em rodovias estaduais.

Na BR-423, em Jucati, Alex Francisco da Silva, 19 anos, morreu atropelado por um carro não identificado.

Na BR-232, em Tacaimbó, um homem identificado por Iranilson morreu na colisão de carro e moto. Outra vítima foi socorrida para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, e também faleceu.

No trevo entre a BR-104 e PE-90, em Toritama, duas motos se chocaram violentamente. O segurança noturno Jailson Nascimento da Silva, 22 anos, que estava em uma das motocicletas morreu no local do acidente. Na outra moto estavam os irmãos Danilo e Matheus, que foram socorridos em estado grave para o Hospital Nossa Senhora de Fátima e transferidos para o Hospital da Restauração, no Recife.

Na PE-270, em Arcoverde, no Sertão, Manoel Gomes da Silva, 47 anos, morreu atropelado por um veículo não identificado.

Na zona rural de Garanhuns, o empresário Jurandir Isídio, conhecido por Jotinha, perdeu o controle do veículo que dirigia e caiu em um barreiro. Ele ficou preso ao cinto de segurança e não conseguiu sair. O corpo do empresário foi resgatado por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Na PE-158, em Jucati, uma colisão envolveu um caminhão, um Gol e uma moto. O motorista do caminhão tentou fazer uma ultrapassagem em uma curva, invadiu a contramão e bateu no Gol, provocando a morte do condutor Eilton Ferreira da Silva, 25 anos. A motocicleta bateu na traseira do Gol. O motociclista Flávio Roberto de Oliveira, 45 anos, foi socorrido em estado grave para o Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru.

Outro acidente com vítima fatal aconteceu no bairro Santo Antônio, em Belo Jardim. Cláudio João da Silva, 35 anos, conduzia uma motocicleta quanto foi atingido por um carro. O motorista fugiu sem prestar socorro à vítima.