Doença pior que a COVID-19 já matou 628 pessoas no Cazaquistão; governo nega

Doença pior que a COVID-19 já matou 628 pessoas no Cazaquistão; governo nega

A embaixada da China no Cazaquistão emitiu um alerta sobre o surto de uma nova pneumonia no país asiático que seria mais mortal que a covid-19. A suposta nova doença já teria sido responsável por matar 1.772 pessoas em 2020, sendo 628 apenas em junho.

“A taxa de mortalidade da doença é muito maior do que a da pneumonia causada pelo novo coronavírus”, afirmou o comunicado da embaixada. As cidades de Atyrau, Aktobe e Shymkent são as mais afetadas.

De acordo com um relatório divulgado na terça-feira pela Kazinform, a agência de notícias estatal do Cazaquistão, o número de casos de pneumonia “aumentou 2,2 vezes em junho, em comparação com o mesmo período de 2019”.

Governo cazaque nega


Após o alerta emitido pelo embaixador, as autoridades do Cazaquistão negaram que se trata de um surto de uma nova pneumonia.