Deputado Eduardo da Fonte denuncia possível erro da CELPE na cobrança de contas de luz

Deputado Eduardo da Fonte denuncia possível erro da CELPE na cobrança de contas de luz

Proprietários de pousadas e donos de residências em Fernando de Noronha procuraram o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) e denunciaram a cobrança indevida nas contas de energia, com valores que chegaram a R$ 15.462,62. Os comerciantes e os moradores alegam que as leituras e o consumo elevado nunca aconteceram. Como o arquipélago estava em lockdown devido à pandemia do coronavírus, as pousadas estavam fechadas e o uso da energia correspondeu, em média, entre 15% e 20% do consumo usual. Além disso, a Celpe não realizou a leitura dos relógios e cobrou a tarifa com base no consumo médio, o que não corresponde ao verdadeiro consumo e prejudica os donos de pousadas.

Após tomar ciência do fato, o deputado encaminhou à companhia uma solicitação para apurar o ocorrido. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e o Ministério Público de Pernambuco também foram acionados.

“Esta é mais uma cobrança indevida da Celpe, abusos que venho fiscalizando e denunciando há mais de 13 anos. O Congresso Nacional e o Governo Federal estão trabalhando para amenizar os efeitos da crise para a população, enquanto isso, a Celpe não tem a menor sensibilidade e cobra dos comerciantes e das famílias uma fatura altíssima de uma conta que sequer foi feita a leitura. Vamos trabalhar para que a companhia corrija esse abuso”, afirmou Eduardo da Fonte.