Delegado de Gravatá fala sobre o sucesso da operação “Nêmesis” e prisão de suspeitos

Foto: Arthur Ferreira/arquivo

O delegado de Gravatá, Álvaro Grako, concedeu entrevista ao PERNAMBUCONOTICIAS.COM sobre o sucesso da operação Nêmesis, desencadeada na cidade nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (30).

Além de repassar detalhes das prisões, o delegado fez uma deferência especial aos agentes da 62ª Delegacia de Polícia Civil de Gravatá, considerada uma das mais competentes do Brasil pelo alto número crimes elucidados.

A operação recebe o nome da deusa Nêmesis, considerada a entidade do destino, equilíbrio e vingança divina. Nêmesis também significa “inevitável”, uma alusão fatídica de que cedo ou tarde quem se envolve no crime cai nas mãos da justiça divina, ou da terra.