CRÍTICA: Prefeito de Petrolina entra em buraco feito pela Compesa

Literalmente o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, entrou em buraco da COMPESA. O gestor do município criticou a Companhia Pernambucana de Saneamento – COMPESA – informando que a empresa recebe mais de 5 milhões por mês de lucro, mas não faz o devido investimento na rede de distribuição da cidade, que seria antiga.

Miguel Coelho informou que a COMPESA teria ido até à Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio fazer troca de tubulação, mas seria mentira, pois, a tubulação existente seria de “amianto”, material, que segundo ele é ultrapassada.

A COMPESA informou que a obra será encerrada esta semana. O serviço teria demorado por conta de sua complexidade. No local, segundo a companhia, existem 20 homens trabalhando.

DESCASO. Isso que se chama o que Petrolina está sofrendo nos últimos anos. A Compesa todo mês leva o dinheiro de Petrolina e investe em outras cidades. Não aceitamos mais isso! Vamos sim fazer uma nova licitação para mudar a realidade. Tem gente que ainda defende esse tipo de descaso. Qual sua opinião?

Posted by Miguel Coelho on Sunday, 7 July 2019