Covid-19: Operação apura suspeita de fraude em hospital de campanha em Brasília

Covid-19: Operação apura suspeita de fraude em hospital de campanha em Brasília

Uma grande operação está investigando a possibilidade de ter ocorrido irregularidades em contrato emergencial, com dispensa de licitação, para construção de hospital de campanha, em Brasília, Distrito Federal.

Na manhã desta sexta-feira (15) o principal alvo foi a Secretaria de Saúde do Distrito Federal. O contrato está avaliado em 79 milhões de reais. O hospital foi montado no Estádio Nacional Mané Garrincha.

No total foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão na casa de empresários e um servidor público, cujos nomes não foram divulgados para a imprensa. A suspeita é de que a empresa contratada tenha se aproveitado da calamidade pública para fazer contrato causando prejuízos aos cofres públicos. Se comprovada a fraude, os envolvidos devem responder por crimes relacionados à dispensa de licitação e estelionato contra a Administração Pública.