dark

Coronavírus pode sobreviver durante três dias em plásticos e aço inoxidável

Um estado divulgado esta semana pela revista científica NEW ENGLAND JOURNAL OF MEDICINE, apontou que o coronavírus pode ficar vivo durante 3 dias em algumas superfícies, seja de plástico ou aço.

O estudo foi feito nas universidades da Califórnia, Los Angeles e Princeton. A pesquisa avalia cinco materiais diferentes que mostrou que o coronavírus fica mais ‘estável’ em plástico e aço inoxidável, que são materiais utilizados durante o dia a dia da população mundial.

Na poeira, o coronavírus sobrevive 1 hora; no cobre 4 horas, no papelão 24 horas, no plástico e no aço inoxidável durante 3 dias.