Contas do ex-prefeito Bruno Martiniano são rejeitadas pela Câmara de Gravatá

Doze dos quinze vereadores participaram da votação da prestação de contas

whatsapp image 2022 06 21 at 13.16.24
Foto: Gilvan Silva / reprodução

Com placar de 12×0 foi rejeita pelo pleno da Câmara Municipal de Gravatá a prestação de contas do ex-prefeito de Gravatá, Bruno Martiniano.

A votação ocorreu na manhã desta terça-feira (21) e contou com a ausência de três vereadores. Por unanimidade, as contas do exercício fiscal do ano 2015 foram rejeitadas.

banner prefeitura são joao

Com essa decisão, que seguiu a orientação e parecer do Tribunal de Contas de Pernambuco – TCEPE – o ex-prefeito poderá ficar inelegível por 8 anos, caso seu nome seja incluso na lista de gestores públicos inaptos ao processo eleitoral, cuja lista é remetida ao Tribunal Regional Eleitoral.

 A sessão foi presidida pelo vereador Léo do AR (PSDB) e contou com a participação presencial do advogado do ex-prefeito, Doutor Sílvio Pessoa, um dos mais renomados de Pernambuco.

A data do julgamento das contas foi alterada por determinação de Léo do AR. O advogado teve facultado o direito de defesa oral limitado em 20 minutos durante a sessão. Apesar da defesa, as contas foram reprovadas pelo edil.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes