Conselho Tutelar denuncia políticos que tentaram impedir aborto no Recife

O Conselho Tutelar do Recife (CTR) denunciou ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) um grupo de políticos que teriam tentado impedir o processo de aborto que uma menina de 10 anos foi submetida, após ganhar na justiça o direito de retirar feto gerado pelo próprio tio.

Os  nomes dos políticos não foram divulgados, mas segundo informações, além deles outras pessoas teriam tentado impedir que a gravidez da criança fosse interrompida.

A menina de 10 anos que engravidou após estupro tem alta e deixa hospital em Pernambuco. Data da alta e o destino da criança não foram revelados para proteger a menina. O tio, suspeito do crime, está preso no Espírito Santo.