Confira as 25 cidades de Pernambuco que registram novos óbitos neste sábado (16)

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, neste sábado (16/05), 2.279 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. O aumento do número de confirmações nas últimas 24h foi provocado pelo acúmulo de casos leves durante esta semana, já que o sistema de notificação do Ministério da Saúde vinha apresentando instabilidade técnica nos últimos três dias, o que dificultou extração e visualização destes dados, que são inseridos pelos municípios na plataforma E-SUS. Além disso, hoje houve um maior número de resultados informados pelos laboratórios privados, que não refletem, necessariamente, casos das últimas 24h.

Desta forma, entre os confirmados hoje, 1.575 se enquadram como leves, e 704 como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Agora, Pernambuco totaliza 18.488 casos já confirmados, sendo 9.258 graves e 9.230 leves. Dos casos graves, 1.734 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 3.139 estão internados, sendo 235 em UTI e 2.904 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada.

Foram confirmados laboratorialmente 80 óbitos (sendo 38 do sexo masculino e 42 do sexo feminino), de pessoas residentes nos municípios de Água Preta (2), Águas Belas (1), Amaraji (1), Cabo de Santo Agostinho (1), Cabrobó (1), Camaragibe (5), Carpina (1), Chã de Alegria (1), Condado (1), Escada (1), Igarassu (2), Itapissuma (1), Jaboatão dos Guararapes (7), Moreno (3), Nazaré da Mata (1), Olinda (3), Orocó (1), Paudalho (2), Pedra (1), Pombos (1), Recife (36), São Lourenço da Mata (1), Taquaritinga do Norte (1), Triunfo (1), Vitória de Santo Antão (4). Com isso, o Estado totaliza 1.461 mortes pela Covid- 19.

As mortes ocorreram entre os dias 24.04 e 15.05 e os pacientes tinham idades entre 32 e 103 anos de idade, além de uma criança de 14 dias. Dos 80 pacientes que vieram a óbito, 10 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão arterial sistêmica (6), diabetes mellitus (5), cardiopatia (1), doença cardiovascular crônica (1), obesidade (2), doença renal (1), Síndrome de Fournier (1) e asma (1). O restante não tinha comorbidade, ou está em investigação pelos municípios. As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 30 a 39 (4), 40 a 49 (8), 50 a 59 (11), 60 a 69 (19), 70 a 79 (11), 80 ou mais (26).