Cientistas investigam se maconha pode ser usada no tratamento de COVID-19

Maconha

Parece uma baita FAKE NEWS esta informação, mas é a mais pura verdade. Pesquisadores e cientistas da Univiersidade Lethbige localizada no Canadá, divulgaram um estudo que apontam que princípios ativos da MACONHA ponde ‘inibir’ a entrada do coronavírus nas células do corpo humano.

Os pesquisadores sugerem que alguns dos componentes químicos de tipos de cannabis, que possivelmente reduziriam a capacidade de o vírus chegar nas cúleas do tecido pulmonar, onde se instala e se propaga.

A pesquisa teria constatado que o cannidibiol, um dos princípios ativos da maconha, não psicoativo, é um canadibioide anti-inflamatório, que altera a enzima receptora do SARS-COV-2 no corpo humano, que reduz os riscos de infecção.