China proíbe que moradores de Wuhan comam cobras, ratos e outros animais silvestres

China proíbe que moradores de Wuhan comam cobras, ratos e outros animais silvestres

Meses após a pandemia do novo coronavírus, a cidade de Wuhan, primeiro epicentro do coronavírus, proibiu a caça e o consumo de animais silvestres, tais como: cobras, ratos, morcegos, lontras e filhotes de lobo.

A medida tem duração de cinco anos e agora quem for pego caçando ou consumindo o animal poderá ser preso ou pagar multa. As informações foram divulgadas pela China Global Television Netword (CGTN).

Pesquisadores da China acreditam que o coronavírus ter nascido de uma zoonose, ou seja, partido dos animais para os humanos. É provável que o primeiro coronavírus, SARS 2002, tenha origem de morcegos.