dark

Celpe flagra furto de energia em restaurante, papelaria e loja de informática

Whatsapp Image 2021 01 13 At 12.51.11
Whatsapp Image 2021 01 13 At 12.51.11
Imagem: reprodução/inter

Uma operação da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) identificou desvio de energia em restaurante e duas lojas no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. As equipes técnicas constataram ligações diretas e fraudes nos medidores de energia. A ação, realizada na manhã desta terça-feira (13), foi promovida pela área de inteligência da empresa e contou com o apoio da Polícia Civil e de peritos do Instituto de Criminalística. A concessionária está calculando o volume de energia recuperada.


A primeira unidade consumidora a receber as equipes da Celpe foi uma loja de informática localizada em uma galeria na Avenida Domingos Ferreira. Ao chegar ao local, os técnicos constataram que, na verdade, existiam duas lojas no centro comercial que estavam com os medidores fraudados. Uma delas foi regularizada e o fornecimento normalizado. A segunda, por ser reincidente e possuir débitos com a companhia, teve o medidor retirado e só será religada após o pagamento da dívida e multa. O proprietário foi levado pela polícia para a delegacia, onde foi preso em flagrante.


O restaurante era reincidente, não possuía medidor de energia e estava ligado direto na rede de distribuição da Celpe. A equipe da concessionária promoveu a regularização do imóvel e instalou o medidor. Técnicos da concessionária ainda visitaram uma padaria, mas não identificaram o furto, apenas o medidor adulterado. O equipamento foi substituído.


“A ação desta terça-feira foi resultado de um estudo da rede realizado pelo núcleo de inteligência da Celpe. Enviamos uma equipe de inspeção aos locais e constatamos as irregularidades, juntamente com a autoridade policial. É importante ressaltar que todas as vezes que ocorre o furto de energia, a conta dessas pessoas é paga pelos demais clientes, segundo a norma da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regula o setor em todo o Brasil. Por isso é tão importante que as pessoas denunciem sempre que desconfiarem de algum tipo de irregularidade na rede”, relata o gerente de Recuperação de Receita da Celpe, Gustavo Santos.


A Celpe reforça que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Além de acarretar prejuízos à população, a prática representa riscos de acidentes graves. Em caso de denúncias, os clientes podem entrar em contato pelos canais de atendimento da concessionária, sem a necessidade de identificação.