20.3 C
Gravatá

Câmara de Gravatá pode rejeitar contas de Joaquim Neto e torná-lo inelegível por 8 anos

Gravatá

Apesar do indiscutível trabalho técnico do Tribunal de Contas do Estado (TCE/PE) em analisar e aprovar com ressalvas as contas do ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB), vereadores estariam debruçados sobre a prestação de contas do ex-prefeito com o objetivo de analisar minunciosamente as informações enviadas ao órgão de fiscalização e controle.

Vereadores teriam contratado escritórios de advocacia especializada em gestão pública para analisar as contas do ex-prefeito. Um grupo de vereadores estaria disposto a votar contra a prestação de contas de Joaquim Neto, tornando-o inelegível por 8 anos.

Caso as contas de Joaquim Neto sejam rejeitadas pelo pleno da câmara soberana, o prefeito pode não ser candidato a deputado e de sobre não ser candidato nas eleições de 2024, entrando de vez no freezer político, onde ficará em estase suspensa.

O presidente da Câmara, Léo do AR, tem prazo regimental para apreciar as contas do ex-prefeito. Nossa equipe procurou o presidente para tratar do assunto, mas ele disse que não comenta assuntos relacionados a prestação de contas que ainda não foram julgadas.

Leia também:

- Advertisement -
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Detectamos que você está usando extensões para bloquear anúncios. Por favor, ajude-nos desativando este bloqueador de anúncios.

Powered By
CHP Adblock Detector Plugin | Codehelppro