dark

Câmara aprova indenização de R$ 50 mil para dependentes de profissionais da saúde que morreram trabalhando contra a COVID-19

Câmara aprova indenização de R$ 50 mil para dependentes de profissionais da saúde que morreram trabalhando contra a COVID-19

Câmara dos Deputados aprovou ontem as alterações feitas pelo Senado no projeto de lei que prevê o pagamento de uma indenização a dependentes de profissionais da saúde e auxiliares hospitalares vítimas da Covid-19.

O texto vai à sanção presidencial. O projeto estabelece indenização financeira de R$ 50 mil aos dependentes legais e, na ausência de dependentes, aos herdeiros.

Dependentes de menos de 24 anos receberão também um adicional de R$10 mil para cada ano que faltar para completar a idade máxima. Devem receber a indenização também os profissionais que ficarem permanentemente incapacitados pelo trabalho por causa da Covid-19.