Brasil: suspeito de pedofilia é preso com coleção nazista avaliada em 19 milhões de reais

A polícia civil do Rio de Janeiro divulgou imagem do interior da casa de um homem acusado de abusar sexualmente de menores de idade. O suspeito tem uma enorme quantidade de trajes e artigos da época do regime nazistas. No imóvel também foram encontradas várias armas.

Aylson Proença Doyle Linhares, 58 anos, foi denunciado por morador de condomínio onde mora. O acusado teria abusado do filho acusador, uma criança de 12 anos.

banner prefeitura são joao

Na casa do suspeito a polícia encontrou documentos, fardas, bandeiras e até uma carteira do partido nazista com a foto doe Aylson, preso em flagrante por porte de armas, discriminação racial e pedofilia. A coleção do acusado custa em torno de 3 milhões de euro, algo em torno de 19,1 milhões de reais [valor do euro em 07/10/2021].

LEIA TAMBÉM