Bolsonaro atribui a trabalhadores falhas no pagamento do auxílio emergencial

Bolsonaro atribui a trabalhadores falhas no pagamento do auxílio emergencial

O Presidente Bolsonaro (sem partido) jogou a culpa nos trabalhadores a falhas no pagamento do auxílio emergencial de R$ 600 reais.

Segundo informações do Jornal Estadão, Bolsonaro teria digo que ocorreram possíveis ‘golpes’ e ‘erros’ dos próprios trabalhadores na hora de fazer o cadastro, o que teria gerado a negativação, ou atraso na ‘análise’.

O presidente do Brasil disse que não há falhas do governo no processamento de dados e análise dos benefícios. O Brasil tem um grande centro de processamento de dados, um dos mais robustos do mundo. Esta central de processamento é quem faz o cruzamento de dados das pessoas que tentam receber o benefício.