Barragem de Águas Belas recebe obra emergencial

A Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco começa a executar, nesta quinta-feira (30/4), obras emergenciais na barragem de Ipanema I, localizada na cidade de Águas Belas, no Agreste do Estado. A ação tem como intuito minimizar o risco de ruptura da estrutura do reservatório, após chuva intensa registrada na região em março. A iniciativa conta com recurso federal na ordem de R$ 200 mil reais, captados junto à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. O trabalho seguirá as normas do Projeto de Correção das Anomalias e deve ser finalizado dentro de 45 dias. Com a conclusão dos serviços, a população ribeirinha que reside na área de risco de Ipanema I poderá retornar às suas residências.

A obra acontece de maneira célere, após a barragem apresentar o risco de rompimento decorrente das chuvas acima da média histórica para a região, registradas entre os dias 29 e 31 de março, na bacia hidrográfica do Rio Ipanema. De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), o acumulado do mês foi de 254,5 mm no município, o que significa 340% acima do esperado para o período. 

banner prefeitura

No dia 3 de abril, engenheiros da Secretaria Executiva de Recursos Hídricos (SERH) realizaram vistoria emergencial na barragem, na qual foi constatado o surgimento de infiltrações no corpo do reservatório. Os técnicos verificaram que o grande volume de água acumulado em pouco tempo causou danos na estrutura e, diante dos fatos, emitiram a Declaração de Emergência, que foi imediatamente comunicada aos órgãos competentes: Agência Nacional de Águas (ANA), Apac, Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh/AL) e Defesa Civil de Pernambuco e de Alagoas. Na ocasião, foi realizada a retirada das famílias de comunidades ribeirinhas e a interdição da ponte da PE-300, que já foi liberada ao tráfego. 

Após a ocorrência, foi criado um grupo de monitoramento que conta com a participação de técnicos da ANA, APAC, Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD), Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM), Secretaria Executiva de Recursos Hídricos, entidades do Estado de Alagoas, além das defesas civis de Águas Belas, Itaíba e Pernambuco. Tanto a previsão climática quanto o volume acumulado no reservatório são monitorados diariamente pelos técnicos da SERH e da Apac.

“O Governo de Pernambuco tem intensificado as ações de fiscalização nas barragens, de modo a garantir o cumprimento do que determina a legislação. Dessa maneira, asseguramos o compromisso do Estado em colocar todos os esforços para a recuperação da barragem de Ipanema tanto no sentido de viabilizar as intervenções emergenciais, em um primeiro momento, quanto para fiscalizar e acompanhar a execução para que o trabalho seja concluído dentro do período programado ”, destaca a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista. 

De acordo com a gestora, já estava em andamento o processo licitatório para a contratação de um projeto de recuperação estrutural do reservatório. No entanto, diante da enchente, foi necessário dar início a essa intervenção imediata. “As equipes da Executiva de Recursos Hídricos vistoriaram grande parte das barragens do Estado. O relatório de Ipanema I, inclusive, foi feito em novembro do ano passado, tendo sido fundamental para iniciar o processo licitatório do projeto definitivo, cuja elaboração está em estágio avançado. Sendo assim, a etapa iniciada hoje é emergencial para tirar o risco de rompimento. É importante destacar, ainda, que dentro do planejamento voltado para a política de segurança em relação às barragens, o Governo vem contratando, além dos projetos de engenharia, os Planos de Segurança de Barragem (PSB) e de Ação Emergencial (PAE)”, comenta a secretária. 

A barragem de Ipanema I possui capacidade de acumulação máxima de 611.473,46 metros cúbicos e foi construída pelo Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER) em 1970, como parte integrante da implantação da rodovia estadual PE-300, via que liga os municípios de Águas Belas e Itaíba.

Deixe seu comentário:

Comentário:

Leia também:

- Advertisement -
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Detectamos que você está usando extensões para bloquear anúncios. Por favor, ajude-nos desativando este bloqueador de anúncios.

Powered By
CHP Adblock Detector Plugin | Codehelppro