Barcelona lidera lista dos clubes mais ricos do mundo

O Barcelona FC, da Espanha, alcança pela primeira vez na história do clube o posto de time mais rico do mundo, segundo a lista divulgada pela Deloitte Football Money League (DFML), de 2020.A equipe que tem em seu elenco estrelas como Lionel Messi, Luis Suaréz e Gerard Piqué, ultrapassou o Real Madrid, também da Espanha, seu maior rival que passa agora para a segunda colocação.O clube catalão alcançou também o valor recorde de 800 milhões de euros (cerca de R $ 3 bilhões), feito inédito no levantamento da Money League. Em terceiro lugar vem o Manchester United, da Inglaterra, completando o Top 3.

A pesquisa analisou o perfil financeiro dos principais clubes de futebol do mundo e fez uma lista com o ranking das 20 maiores receitas. A diferença registrada entre o primeiro e o segundo colocado é de R$ 389 milhões, a maior já vista nas 23 edições da avaliação.

A Inglaterra é o país que tem mais representantes na Money League. Oito clubes do país estão entre os vinte da elite bilionária divulgada pela Delloite. A Itália aparece com quatro, a Espanha e a Alemanha, com três cada, e a França com dois, completando os 20 da lista. Estes clubes, combinados, concetram um faturamento de 9.3 bilhões de euros.

A importância do futebol europeu foi enfatizada pelo fato de que as receitas de transmissão de TV representam, em média, 44% da renda dos clubes, seguida pela frente de patrocínio, com 40% e matchday, representando 16%. As taxas de transferência de jogadores não estão incluídas nos cálculos.