Banco do Nordeste emite nota e diz que ex-gerente de Santa Cruz foi demitido; veja nota

O Banco do Nordeste emitiu nota de posicionamento sobre a Operação Escaparate, deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (15). A nota do Banco do Nordeste pontuou que sempre apurou as irregularidades por meio de sua auditoria interna.

O Banco também informou que o quentão gerente do BNB em Santa Cruz do Capibaribe não seria mais funcionário do Banco, sendo demitido em função das responsabilidades apuradas contra ele.

A nota esclareceu que a partir de informações levantadas pelo próprio Banco foram encaminhadas às autoridades, incluindo a Polícia Federal. O banco reafirmou seu compromisso com a conformidade e com os princípios da boa governança.

VEJA NOTA COMPLETA:

Sobre Operação Escaparate, terceira fase da Operação Impunitas, deflagrada pela Polícia Federal na manhã de hoje, 15, no estado de Pernambuco, o Banco do Nordeste informa que, desde o início, apurou as irregularidades, por meio de sua Auditoria Interna, e adotou providências disciplinares em relação aos funcionários envolvidos. O então gerente da agência do BNB em Santa Cruz do Capibaribe não é mais funcionário do Banco, tendo sido demitido em função das responsabilidades apuradas. As informações levantadas, incluindo participação de terceiros não funcionários do Banco foram, antecipadamente e de forma proativa, encaminhadas pelo BNB às autoridades competentes, inclusive à Polícia Federal. O Banco do Nordeste reafirma seu compromisso com a conformidade e com os princípios da boa governança.