Internacional

Argentina legaliza aborto

O Senado da Argentina aprovou na madrugada desta quarta-feira (30) a lei que legaliza o aborto de fetos nas primeiras 14 semanas de gestação. O projeto já teria sido aprovado pela câmara de deputados no começo de dezembro.

Antes, a Argentina só permitia o aborto em caso de gravidez de estupro ou quando a mãe estava em risco, algo parecido com a legislação brasileira.

O debate teve início na terça e muito cansativo entrou pela madrugada de hoje. Em frente ao congresso argentino, em Buenos Aires, muitos manifestantes se fizeram presentes protestando contra e a favor da lei.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu bloqueador de anúncio