Após ser internado com falta de ar, radialista não resiste e morre em Recife

Morreu no último sábado (25) o radialista Ednaldo Guedes, 47 anos, após ser internado com falta de ar. O comunicador foi socorrido ao Hospital Nossa Senhora das Graças, em Recife.

Na sexta-feira (17), Ednaldo foi inicialmente levado para hospital de Lajedo (PE), onde queixava-se de falta de ar. Após exames, o profissional da comunicação foi internado e no dia seguinte sofreu duas paradas cardíacas.

banner prefeitura são joao

Era gravíssimo o estado de saúde do radialista, que estava em coma na UTI. Entubado e sem responder a nenhuma medicação, Ednaldo não resistiu e acabou morrendo.  

LEIA TAMBÉM