Após pressão, Bolsonaro muda tom do coronavírus em transmissão nacional de rádio e TV

Após pressão, Bolsonaro muda tom do coronavírus em transmissão nacional de rádio e TV

Depois da pressão pública, o presidente Bolsonaro (sem partido) mudou o tom do discurso durante pronunciamento em rede de rádio e TV. Desta vez, o presidente admitiu que o vírus é uma realidade. Antes tratada como ‘cripizinha’, agora o vírus passou a ser vido pelo chefe da nação como ‘maior desafio de nossa geração.

Bolsonaro usou apenas um trecho da fala do presidente da OMS, Tedros Adhanom, que trata da necessidade de ajudar as pessoas de baixa, ou sem renda. Bolsonaro voltou a omitir que o posicionamento da OMS é a favor do isolamento social.

Antes, Bolsonaro alegou que o coronavírus era uma ‘fantasia’ propagada pela mídia no mundo todo, após a pressão das pessoas na mídia, o presidente passou a tratar a questão de forma ‘diferente’. Agora, Bolsonaro está preocupado em salvar vidas e que está diante de um grande desafio.