Americanos dizem que desmatamento na Amazônia é maior que o divulgado pelo INPE

Segundo dados da Universidade de Oklahoma, publicados na revista científica, Nature Sustainability, só entre de 2000 a 2017 o Brasil perdeu 400 mil quilômetros quadrados (Km²) de área verde.

O volume é mais do dobro do que foi divulgado pela INPE, que no mesmo período disse haver apenas 180 mil km² de desmatamento. A diferença no volume de desmatamento pode estar ligado a problemas de imagens de satélites que sofriam interferência das nuvens.

Os dados mostram também que caiu 20 mil km² as unidades de conservação da Amazônia. Se continuar assim, o Brasil poderá perder toda sua floresta em poucas décadas.