Alerta sobre sinais de violência no Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa

whatsapp image 2022 06 13 at 12.45.27

No Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa (15 de junho) a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), por meio do Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI), alerta a população para os tipos de violência e formas de prevenção. O CIAPPI é ligado à Secretaria Executiva de Direitos Humanos (SEDH).

O Centro registrou, de 01 de janeiro a 09 junho deste ano, 614 denúncias envolvendo 1.329 vítimas. No mesmo período de 2021, as denúncias somaram 578 com 1.498 violações. Nos dois anos se mantiveram os três tipos de violência mais comuns. Em primeiro lugar a negligência com 297 vítimas em 2022 e 283 no ano anterior. Em segundo lugar vem a violência financeira somando 196 ocorrências este ano e 217 em 2021. Por último, a violência verbal (2022: 173 e 2021: 215). Ressalta-se que para cada denúncia podem ser gerados até três tipos de violência.  

banner prefeitura são joao

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Marcelo Canuto, alerta para a atenção à pessoa idosa. “A atenção aos sinais de alerta de que o idoso pode estar sofrendo algum tipo de violência deve partir, não só dos familiares que convivem com ele, mas de vizinhos, outras pessoas próximas e de instituições onde abrigam a pessoa idosa. Caso identifique qualquer indício de violência, é importante denunciar e a denúncia pode ser anônima”, alertou Canuto. “É necessário sensibilizar a sociedade, as instituições que realizam e mantêm atividades destinadas à pessoa idosa e os órgãos governamentais para sinais de alerta à violência”, complementou a coordenadora do CIAPPI, Cibele Almeida.

Dependemos dessa publicidade para existir aguarde 10 segundos para ler a notícia
Publicidade obrigatória p/ não assinantes