GravatáPolítica

Adeildo do Abacaxi traiu grupo e pode responder processo de infidelidade partidária

Todo ‘piongo’ e sem dar muita bobeira, o vereador Adeildo do Abacaxi (MDB) contrariou a confiança dos 20,6 mil eleitores do grupo de Joaquim Neto (PSDB). Mesmo tendo sido candidato no partido presidido pelo ex-vice-prefeito Henrique Danilo Melo (MDB) e coligado com o ex-prefeito, Adeildo do Abacaxi votou contra Léo do AR (PSDB) no processo eleitoral da Câmara Municipal.

Algumas pessoas já haviam observado a mudança de comportamento do vereador após foto onde posa ao lado de Cabritinha (PSB) e o secretário da executiva municipal, João Paulo Lemos.

A confirmação da mudança de grupo ocorreu quando Adeildo votou em Luiz Prequé (PSD) para presidente da câmara, contraindo os seus correligionários. O MDB abriu a portas para Adeildo ser candidato depois dele receber propostas de filiação de outros partidos durante o processo eleitoral. Mas, os partidos podem definir o voto dos seus parlamentares?

A resposta é sim! Está previsto na Lei 9.096/95 que trata sobre os partidos políticos, estabelecendo no capítulo 5º as regras de fidelidade partidária. Quando um candidato se opuser pela atitude, ou pelo voto, às diretrizes estabelecidas no estatuto do partido, o parlamentar poderá sofrer punições ou medidas disciplinares como desligamento da bancada, suspensão do direito ao voto nas reuniões internas, ou PERDA DE TODAS AS PRERROGATIVAS, CARGOS E FUNÇÕES QUE EXERÇA EM DECORRÊNCIA DA SUA REPRESENTAÇÃO ENQUANTO MEMBRO DO PARTIDO.

Segundo fontes seguras, o parlamentar poderá responder processo partidário, visto que não seguiu alguns princípios da legenda dos líderes partidários. Você já deve ter ouvido alguns políticos justificando seu voto como uma ‘orientação do partido’.

Nossa equipe tentou manter contato com Danilo Melo ainda na manhã deste sábado (2), mas até fechamento desta reportagem o líder político não respondeu mensagem e ligações convencionais e virtuais. Tentamos obter o contato do vereador, mas também sem êxito.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Desative seu bloqueador de anúncio